ESCREVER É...
MINHA ALMA SENDO EXPRESSADA COM PALAVRAS RIMADAS OU NÃO.
SÃO AS PALAVRAS ABRINDO CAMINHO PARA ALMA EXPRESSAR QUE TEM SENTIMENTO E RAZÃO

Seguidores

quinta-feira, 31 de maio de 2012

► Planet Earth: Amazing nature scenery (1080p HD)


Meu mundo e nada mais...Uma realidade quase sempre fora do alcance do meu olhar.
Vidas e formas de viver em lugares próximos ou distantes, mas sempre com uma incrível e particular beleza!

Mara Mello

domingo, 13 de maio de 2012

Vida de Mãe

 
Cada dia que passa a emoção toma conta da incrível experiência de ser mãe.
Lentamente a barriga cresce, os meses passam e os sonhos vão se tornando realidade.
Uma vida se formando e a curiosidade de ver e sentir aquela pequena criança amada foge da lógica de conhecer para amar... Não sabe a força que terá o olhar, o timbre da voz, a postura e nem tem certeza da personalidade, ama apenas porque é seu filho.
O grande dia chega, e devagar uma dor começa a dar sinal que chegou a hora. Chegou o momento mais esperado, ver o rostinho, sentir seu cheirinho e amamentar!
A dor de repente é deixada pra lá diante da imensa emoção que tomou conta, nada serve para comparar a felicidade simplesmente única.
O prazer de amparar, alimentar e cuidar faz com que as mães sentem-se insuperáveis, destemidas, eternamente agradecidas pelo privilégio de ser responsáveis por aquele pequeno e frágil ser que reconhece no seu colo a proteção, no som da suave voz que fala baixinho a paz o tranquiliza.
 Não precisa de nenhuma palavra para saber as suas vontades e necessidades, conhece o choro de dengo, sono, fome, cólica, acompanha as mudanças e aprendizados. Um dia descobre as mãozinhas, outro os pezinhos, até que um belo dia o seu lindo bebê descobre o som da própria voz e é aí que termina o silêncio da casa.

A mãe que já falava com seu filho desde quando ainda o trazia no seu ventre, passa a ter as respostas mesmo que sem nenhuma compreensão, afinal nem o bebê entende o que são as palavras e para que elas servem, mas gosta  de ouvir e inconscientemente sabe que também vão conseguir e não desiste, até que a realização fica maior o dia que se ouve pela primeira vez dizer “MAMÃE”.    O orgulho é grande e o desejo de compartilhar tamanha alegria faz com que conte para todos em detalhes as gracinhas diárias do seu bebê e repete com entusiasmo que ele agora já está tentando falar mamãe
            
Noites mal dormidas, a própria vida em segundo plano, tudo que importa é o filho, e na total dedicação ajuda-o a dar os primeiros passos, mesmo sabendo que cada dia que passar ele caminhará para sua independência e muitas vezes para longe dela, começando pela escolinha onde ali a visão inicia a expansão do mundo
Algumas mães ficam um pouco frustradas com as dificuldades dos filhos em se relacionarem ou aprenderem, mais nada as impede de ama-los acima de tudo e de todos. 

Cada mãe passou por todas essas fases de ser filha desde o útero das suas mães, talvez isso facilita a compreensão com os próprios filhos, pois eles repetem a história, mas nem por isso ameniza os sentimentos cada vez que chega a hora que seus filhos caminharem cada vez mais distante.
Todos sem exceção, vivenciam a experiência de ser filhos e muitos, talvez a maioria, são gratos pelas suas mãe e o que elas representam nas suas vidas, mais somente são as verdadeiras mães que receberam o maior dom, o de gerar no seu ventre uma vida, dedicando-se a prepará-los para viverem sua individualidade no mundo
Mães se realizam quando dão a vida a seus filhos para que eles sigam vivendo seus próprios sonhos, mais sempre na esperança de tê-los por perto, mesmo que através de um telefonema, um e-mail ou algo que os mantém ligados.



 A vida inicial de uma mãe é sempre fácil de contar, quase sempre são parecidas, pois quando se é mãe com sentimento, enfrenta a dor de ter o filho doente, a angústia dos momentos difíceis, as dificuldades financeiras e quando a renda é baixa, de tudo faz para sustentá-los, muitas vezes tirando do seu prato para que eles não durmam com fome.


A sensação de vazio cada vez que o filho está ausente por motivos escolares ou na casa dos avós, o ciúmes silencioso quando sua criança cresce e começa a namorar e também preferir os amigos para muitas vezes confidenciar suas particularidades, e é nessa fase que muitos caminhos se abrem e seus filhos seguem o que mais lhe convém.


A vida de uma mãe é baseada na fé em Deus, pedindo pelos seus filhos, para que eles fiquem de pé.

Texto de Mara Mello


Homenagens

08 de Março Dia Internacional das Mulheres
Homenagens

Dia das Mães

Dia das Mães